Skip navigation (Press enter)

"Nós tentamos neutralizar o Paluh e o Nesk, e meio que funcionou": Faallz sobre a vitória da MiBR sobre a Team Liquid, a campanha da MiBR na chave inferior imbatível

A MiBR derrotou a Team Liquid após vencer em Banco e em Oregon

Imagem via Ubisoft/@joao_ferreria

Poucos esperavam que a MiBR iria tão bem assim. Ninguém exceto eles mesmos. E mesmo assim, eles chegaram aqui.

O começo do time no Six Invitational não foi dos melhores. Uma quarta colocação no seu grupo significou que o time não poderia perder mais nenhuma partida se quisessem seguir vivos na competição.

Desde então, o time vem destruindo tudo pela frente na chave inferior. A MiBR mandou para a casa dois times campeões mundiais a Ninjas in Pyjamas e a Spacestation Gaming, vitórias que foram seguidas de outra vitória contra a Oxygen Esports no dia seguinte.

No entanto, a vitória de hoje não pode ser comparada com o restante. Existe uma longa história de amizade e rivalidade entre os dois lados, onde a Team Liquid sempre saiu vitoriosa. No Six Invitational 2021, foi a Liquid que venceu a MiBR na final da chave dos perdedores. Mais recentemente, a Liquid foi quem negou à MiBR de chegar à final do Brasileirão 2021.

Já era hora da MiBR estar do lado vencedor, e esse foi o caso hoje. “Nós fizemos a mesma preparação para o time, eles são muito fortes. Nós tentamos neutralizar o Paluh e o Nesk, e meio que funcionou. Eu não acho que eles jogaram mal o mapa, eu acho que a MiBR jogou o mesmo jogo”, admitiu Kaique “Faallz” Moreira após a conclusão da partida.

Surpreendentemente, não demorou muito. Contra todas as probabilidades, a MiBR venceu a série por 2-0. Uma vitória no Banco era de certa forma esperada, considerando como foram as performances lá da Liquid recentemente. Mas uma vitória em Oregon, para alguns, era quase inimaginável, com as últimas derrotas da Team Liquid lá foram em Março de 2021 – uma sequência de vitórias de 15 mapas.

“Na verdade, a escolha de Oregon nos surpreendeu, nós não esperávamos isso. Nós basicamente pensamos que eles iriam tentar counterar tudo, nós já tínhamos jogado Oregon duas vezes nesse Six Invitational. Nós mantemos a calma, tentamos mudar as coisas durante o jogo, e tudo deu certo para nós. Nós estamos tendo uma excelente leitura de jogo, eu acho que os counters não funcionaram como eles planejaram,” explicou Faallz.

A adaptação da MiBR no mapa foi a chave para a vitória, com o time forçando um overtime vencendo o décimo segundo round. A Team Liquid então pediu uma parada tática.

Foi aí que o time venceu a partida. Apesar de começarem o overtime no ataque, o round 13 da MiBR foi impecável. O time juntou as informações, entendeu a defesa da Liquid e usaram seus utilitários. Em questão de dez segundos, o round foi de um 5v5 para a MiBR confirmando um round perfeito. 

“Atacar o porão é sempre difícil, eu acho que é um dos bombsites mais difíceis de serem atacados, na verdade nós ficamos calmos, precisávamos ser rápidos, surpreender eles, se nós deixássemos a defesa jogar no tempo, eles iriam vencer. Eu acho que o FelipoX fez um 2k, pegou a primeira kill, e deixou o ataque mais fácil. Nós só mantemos a calma,” disse Faallz.

Desde o começo do torneio, até mesmo durante as Classificatórias Fechadas LATAM do SI 2022, nós vimos uma MiBR muito bem coordenada. Os ataques do time são precisos, a sinergia é perfeita. Tudo deu errado para o time durante 2021, com a lesão no ombro de Felipo “FelipoX” Lucia durante o Segundo Turno foi o começo da queda do time – uma queda que deixaria a MiBR mais forte. “Nós nos consideramos irmãos, somos capazes de enfrentar qualquer dificuldade juntos,” disse Tassus “reduct” Issi em entrevista pré-Six Invitational 2022.

Foi um dia para se esquecer do outro lado do confronto. Nós não estamos acostumados a ver a Team Liquid com números iguais aos registrados hoje. O Banco de Luccas “Paluh” Molina foi longe de sua melhor performance, mas ele apareceu para o time em Oregon. Com um Rating de 1.27 no SiegeGG, ele foi o melhor da Liquid.

O restante do time não apareceu. A dupla de Paluh, André “NESKWGA” Oliveira registrou o seu pior rating do SiegeGG de todos, 0.45 e um K/D de 6-19 (-13). Não foi dos melhores dias para o time, mas isso significa que só pode melhorar daqui para a frente – nós devemos lembrar que ambos Gabriel “AsK” Santos e Pablo “resetz” Oliveira estavam fazendo a sua estréia internacional.

A MiBR enfrenta amanhã às 15:00 horário de Brasília (7 pm CET) o vencedor da partida entre FaZe Clan e Soniqs, que será disputada hoje às 15h.