Skip navigation (Press enter)

A Ninjas in Pyjamas tenta a redenção no país de origem da organização

Ao tentarem criar uma dinastia no ‘Siege’, os sonhos da Ninjas in Pyjamas foram frustrados após uma performance decepcionante na fase de grupos no México. O experiente elenco foram de grandes favoritos ao título para perder duas vezes para os coreanos estreantes da DWG KIA.  

Para piorar a situação, os resultados do time durante o terceiro turno não atendeu as expectativas que foram criadas para os campeões mundiais. Após apenas uma vitória regulamentar e duas vitórias no overtime, os Ninjas teriam terminado em nono lugar caso a região não tivesse um sistema de pontuação combinado, onde a tabela não recomeça após a conclusão de uma etapa. Em outras palavras, eles não estariam na Suécia se não fosse pelo sistema de pontuação exclusivo do Brasil.

“Nós estávamos trabalhando em coisas novas e melhorando as nossas escolhas de mapa”, Dyjair “Mity” Soares disse sobre a performance do seu time durante o terceiro turno em entrevista ao SiegeGG antes da participação da NiP na Terceira Etapa da Copa Elite Six. Se isso for verdade, o time pode ter uma carta na manga.

Na verdade, a versão mostrada no Brasil pelos elencos da LATAM na Suécia podem estar longe do seus verdadeiros potenciais. Devido ao sistema de classificação exclusivo da LATAM, alguns times tinham a chance de garantir matematicamente uma vaga na Copa Elite Six após apenas duas semanas do terceiro turno.

Apesar das estatísticas nem sempre contarem toda a história, basta apenas olhar um pouco para os números da NiP para nos dar ideia do que pode ter sido a principal causa por duas performances pouco inspiradas. Em comparação com os números do Segundo Turno, fica claro que existe uma falta de artilharia e entry kills. Gustavo “Psycho” Rigal pode ser o maior exemplo, com o jogador de 22 anos terminando com 4-20 (-16) em entry kills -- ele terminou o segundo turno com 13-6 (+7).

"As estatísticas não afetam em nada o nosso time, todos sabem o potencial de cada companheiro e o Psycho teve apenas algumas partidas ruins mas já teve uma melhora," disse André "BOB" Cardoso em entrevista ao SiegeGG

Levando em consideração os números decepcionantes durante o terceiro turno, muitos esperavam que eles não conseguiriam a classificação para a Suécia. No entanto, um segundo lugar no seu grupo da Copa Elite Six, seguido de uma vitória desigual por 2-0 contra a Team Liquid, foram o suficiente para garanti-los uma das vagas para o Major.

"Jogar contra a Liquid é sempre bom para a gente, nós sabemos exatamente como eles jogam e eles não mudaram o estilo de jogo deles mesmo com as duas mudanças no elenco," disse BOB.

Apesar de estarem longe do que mostraram no SI 2021, a NiP está determinada a revidar jogando em casa. Os brasileiros vão pela primeira vez para a Suécia e poderão se preparar para o Major na Sede Principal da organização, o que pode fazer uma grande diferença.

"É muito bom poder jogar na casa da nossa org, a NIP nos proporcionou o melhor bootcamp possível no escritório deles e nós somos muito gratos de estarmos aqui e representá-los na Suécia. Sem pressão alguma," disse BOB.

Algo que torna esse elenco diferente do restante é a experiência junta com um um time. A última mudança de jogador no elenco da Ninjas in Pyjamas foi em Outubro de 2019, com o time fazendo apenas duas mudanças desde quando entraram no cenário em Junho de 2018. Isso dá para a NiP uma sinergia que poucos possuem e um estilo de jogo único que ninguém mais tem na competição.

É também digno de se citar que o time tem alguns dos jogadores mais experientes como Psycho, Julio Giacomelli e João “Kamikaze” Gomes, com eles já tendo participado em mais de 40 partidas internacionais cada um.

A Ninjas in Pyjamas caiu no mesmo grupo que a BDS Esport, uma das esperanças da Europa a parar a dominância do Brasil no ‘Siege’. No entanto, os franceses ainda não conseguiram vencer a Ninjas in Pyjamas após o confronto nos SI 2020 e no SI 2021.

"A BDS sempre foi um grande time, nós tivemos duas partidas muito apertadas mas conseguimos vencê-las, então os nossos meninos estão super confiantes para enfrentá-los novamente, não importa o quanto eles melhoraram, nós vamos jogar o nosso jogo novamente," disse BOB.

A Invictus Gaming e a Susquehanna Soniqs completam o grupo, e serão os dois primeiros adversários da NiP na competição. Sobre eles, o manager disse que "MD1 pode sempre surpreender um pouco, então nós vamos entrar com tudo em cima dos azarões dessa vez. Nós esperamos que os dois sejam eliminados na fase de grupos."

A fase de grupos dos campeões mundiais começará no dia 8 de Novembro, quando os brasileiros enfrentarão os campeões da Terceira Etapa da APAC South, a Invictus Gaming.

SiegeGG is supported by its audience. When you purchase through links on our site, we may earn an affiliate commission. Learn more