Skip navigation (Press enter)

“Os times estão procurando os nossos pontos [fracos]”: Dark sobre a dominação da FaZe Clan no Terceiro Turno após ficarem de fora do primeiro evento internacional desde Abril de 201

Com a Terceira Etapa da Copa Elite Six chegando, nós conversamos com a analista da FaZe Clan, Dark.

“Os times estão procurando os nossos pontos [fracos]”: Dark sobre a dominação da FaZe Clan no Terceiro Turno após ficarem de fora do primeiro evento internacional desde Abril de 201

Após quase quatro anos seguidos em palcos internacionais, a FaZe Clan chegou no fundo do poço no segundo turno quando ficou de fora de um evento internacional pela primeira vez desde as Finais da ESL Pro League Season 4 em Abril de 2017. 

Para um time do calibre da FaZe Clan, um resultado desses extrapola o termo “falha”. O time viu os arqui inimigos Ninjas in Pyjamas e Team Liquid conquistarem sucesso internacional, enquanto os jovens elencos da FURIA e da Team oNe diminuiram a distância em experiência a um ponto que eles agora parecem as forças dominantes.

Uma performance decepcionante dessas necessita de uma resposta rápida e convincente da FaZe Clan. E no Terceiro Turno, os campeões do BR6 2020 entregaram.

Após uma derrota por 6-8 para o Santos e-Sports, time que disputa para não ir para a relegation, a FaZe venceu os próximos seis jogos -- dois deles sendo vitórias por 8-7 contra Team Liquid e Team oNe.

Só isso já é impressionante, com a FaZe Clan igualando o recorde de vitórias consecutivas da Black Dragons de 2018. E com esse fim de semana chegando, a FaZe tem de tudo para superar. 

“Quando você vem de seis vitórias, as pessoas se preocupam. Os times estão procurando os nossos pontos [fracos],” disse o novo analista da FaZe Clan, Cesar “Dark” Adriano em entrevista ao SiegeGG.

Uma performance dessas ajudou a FaZe a espantar os fantasmas do Segundo Turno, com o time agora ocupando o topo da tabela do BR6 com 55 pontos. Além disso, com 17 pontos, é também o time que mais pontuou nesse turno do Brasileirão.

“É uma combinação de todos os fatores, as performances do time, o trabalho do Ramalho e minha ajuda, nós conseguimos notar a melhora,” disse Dark.

No geral, o time domina as estatísticas do Terceiro turno do BR6, com apenas as superestrelas Luccas “Paluh” Molina (Team Liquid), Karl “Alem4o” Zarth (Team oNe), e a sensação Diogo “Fntzy” Molina (FURIA Esports) são capazes de superar os números da FaZe.

A FaZe como um todo tem também o maior número de plants de defuser (16) na região, um número que nenhum outro time supera mesmo se incluímos as Ligas NAL, EUL ou APAC.

Se isso não é o suficiente para provar que a FaZe está de volta, eles são o único elenco junto com a BDS Esport que tem todos os jogadores com ratings positivos no SiegeGG, o jogador deles com menor rating é Leonardo “Astro” Luis com 1.05.

  

“Os jogadores têm muita experiência e isso ajuda muito no jogo, eles sabem o que devem fazer, eles sabem como jogar vários estilos de jogo diferentes,” explica Dark.  

Não conseguir se classificar para o México é provavelmente a maior falha da Org, já que a FaZe Clan vinha sido vista como o time mais consistente da região ao longo dos anos, apesar de não ter conquistado títulos fora do Brasil.

“Não há pressão extra… nós sempre sentimos isso (pressão) mas há mais torneios, a experiência do time também ajuda em lidar com isso,” completa Dark.

Agora, o time está em uma posição onde terminar no Top 4 da Copa Elite Six é obrigatório para se classificar para a Suécia para assim ainda disputar uma vaga no SI 2022. Dark diz que o time está unido e calmo apesar do risco de decepção, com os jogadores sabendo que ainda há chances de alcançarem seus objetivos.

O sorteio da Terceira Etapa da Copa Elite Six será feito após o término da última partida do BR6 no dia 10 de Outubro entre a Team Liquid e o Santos e-Sports, que começa às 17h horário de Brasília.