Skip navigation (Press enter)

Twister: "A Empire provou que todo time é capaz [de chegar à Grande Final], não há motivo para pensar diferente

Em antecipação ao Six Invitational 2021, agora confirmado entre os dias 11 e 23 de Maio em Paris, o SigeGG conversou com o Coach da FURIA eSports Twister.

Twister: "A Empire provou que todo time é capaz [de chegar à Grande Final], não há motivo para pensar diferente

Quando a FURIA eSports estava jogando a temporada de 2020 do BR6, poucos acreditavam que aquele time chegaria ao Six Invitational de 2021, ainda mais os seus próprios jogadores.

O time passou o primeiro turno sem nenhuma vitória, com seu primeiro triunfo vindo apenas na sexta semana em um 2-0 contra a INTZ e-Sports. Aquela vitória não era um bom presságio de coisas melhores no segundo turno, no entanto, já que a FURIA só iria conseguir apenas mais um triunfo e acabar a temporada com apenas duas vitórias.

No contexto, apenas o Santos e-Sports teve atuação tão ruim quanto, com um idêntico 2-4-12 (V-E-D), mas um ponto a mais para eles significou escapar enquanto a FURIA teve que disputar a relegation.

No entanto, na partida da relegation, a Falkol -- time da Série B -- não estava no mesmo nível que a FURIA, perdendo os três mapas.

Dessa forma, a FURIA garantiu seu lugar na elite para 2021, mas poucos achavam que eles iriam ter uma performance melhor.

Mas a FURIA começou a sua reconstrução pouco antes do Qualifier pro Six Invitational 2021, dropando Renan "fredQx" Lucas do time. Então começaram a sua investida rumo ao Invitational, derrubando no caminho o Santos por 2-0, a INTZ por 2-0, a W7M por 2-0 e a INTZ novamente por 2-0 para se tornar o melhor time brasileiro nos qualifiers LATAM.

Enquanto a Estral iria surpreender a INTZ, a FURIA derrotou a Malvinas antes de vencer a Estral -- perdendo seu primeiro e único mapa em ambos os qualifiers -- para garantir a sua vaga no Six Invitational 2021

Apesar de classificados, as dúvidas sobre a força da FURIA continuaram, especialmente considerando que a FaZe Clan, NiP, Team Liquid, MIBR e Team oNe já estavam classificados e por isso não disputaram os qualifiers. As dúvidas aumentaram quando um dos seus coaches, Arthur "TchubZ" Martins, saiu, Victor Hugo "Bersa" Bruschini e o veterano Daniel "Novys" Novy foram dropados do time.

A adição de Diogo "Fntzy" Lima e Rennan "R4re" Silva pareceu dar conta do recado, com a FURIA derrotando a NiP, Team oNe e outros para conquistar uma quarta colocação da primeira etapa do BR6

Essa performance foi difícil de ser repetida na Copa Elite Six, no entanto, com os Furiosos ficaram com apenas a sétima colocação, atrás da Atheris Esports que ficou em sexto.

Agora, o time se prepara para o desafio que será o Six Invitational 2021, com muita coisa para trabalhar, mas também com uma fé inabalável em si mesmos. Para saber mais, o SiegeGG conversou com o coach Marlon "Twister" Mello.

Uau, vocês irão participar do Invitational! Qual é o sentimento dos jogadores de participar após terem que sobreviver à relegation ano passado?

Toda a situação foi um sentimento muito especial. Ser capaz de conquistar uma vaga no SI através de um trabalho duro que nós tivemos é muito importande para os nossos objetivos como time e para o nosso potencial de crescimento!

Como o time deu esse salto, de 10º e último colocado no BR6 2020 para classificados para o Invitational em 2021?

Foi tudo graças ao trabalho duro e foco total do time. Nossos resultados no server são apenas o resultado de tudo o que fizemos fora dele, começando com o apoio da organização e chegando na performance dos jogadores. Todo mundo confia em todo mundo e é capaz de se sacrificar o individual para o bem do time!

Agora, o fato de vocês estarem indo para Paris é devido à pandemia da COVID-19. O Brasil é um dos países mais afetados pelo vírus, então como você e o resto do time tem se protegido? É difícil focar no jogo quando temos uma pandemia causando tanto pavor do lado de fora?

Na verdade isso intensificou o nosso trabalho. Primeiramente, os nossos jogadores são jovens e não são são de ficar indo à festas. Jogos de tabuleiro e cooperativos online após os treinos deixa tudo mais fácil já que nós temos uma rotina de treinos intensa durante o dia inteiro!

Esse será o primeiro evento internacional do seu time, apesar de você pessoalmente ter bastante experiência, tendo participado de nove eventos internacionais antes. Como vocês têm se preparado para isso?

Eu estou tentando pegar toda essa experiência e transmitir para os jogadores o que é necessário para ir bem em eventos tão grandes. O que facilita é que todos os jogadores são muito respeitosos e querem sempre melhorar!

O time pareceu ter dificuldades na Copa Elite Six, apesar de um convincente quarto lugar no primeiro turno do BR6, e a derrota para a Atheris os impediu de ir para os playoffs. O que aconteceu? É algo para se preocupar?

Foi a nossa primeira experiência inter-LATAM e ter partidas duras contra os melhores times do Brasil dificultou um pouco a experiência. Mas, nós descobrimos alguns pontos fracos para melhorarmos antes do SI, então eu na verdade estou feliz  que aconteceu durante a Copa Elite Six e não logo no Six Invitational.

Todo obstáculo é uma oportunidade de crescimento e nós estamos usando todas elas!

Qual é o objetivo de vocês no Invitational e o quão confiantes vocês estão que vocês irão atingi-lo?

Nosso objetivo é chegar à Grande Final! Uma vez que a Empire provou que qualquer time é capaz, não há motivo para pensar diferente! Nós temos um time jovem e talentoso que vai chegar no topo do Siege!

Qual é a opinião de vocês nas mudanças do formato do Invitational e quais vocês acham que são as chances de vocês no grupo?

SI2021 Participating teams 960x540

O novo formato deixa tudo mais interessante na fase de grupos e dá chance para os times mais novos e menores surpreenderem todo mundo! Eu acredito que nós estamos no grupo mais forte do torneio, o que significa que nós vamos aprender a ser mais fortes durante o torneio!

Alguma coisa que vocês queiram dizer para os seus torcedores e talvez para os seus adversários?

Para todos os torcedores da FURIA e brasileiros, eu gostaria de dizer que somos um time jovem, então o seu apoio vai ser uma parte muito importante da nossa campanha nesse torneio!

Obrigado por sempre acreditarem no potencial jovem e saibam que nós vamos dar o nosso melhor para representar nosso país!

---

Veja a FURIA eSports em ação no dia 11 de maio às 15:00 horário de Brasília (UTC-3), quando eles enfrentam a Cyclops Athlete Gaming ao vivo direto de Paris.