Guille: "A Ubisoft deveria tentar um torneio no Formato Suíço"

All News

No nosso décimo sexto e último artigo na série Invitational Insights, nós falamos com o coach da MIBR Guille sobre a preparação do time dele para o Six Invitational 2020.

This article is translated. You can find the original here: Guille: "Ubisoft should try a Swiss-system tournament"

Na questão do time de Rainbow Six deles, a MIBR não brilhou muito até agora a não ser em poucos momentos. Em geral, o time teve dificuldades de conquistar os seus objetivos e só chegou às finais da Pro League duas vezes -- nas Seasons 8 e 9 -- mas foram eliminados na primeira rodada em ambas as ocasiões. Enquanto na Season 8 o time perdeu por 0-2 para uma até então imbatível G2, que estava rumo à um ano recorde no Rainbow Six, na Season 9 foi outro 0-2 mas para os eventualmente vice campeões da Evil Geniuses -- um oponente difícil mas não imbatível. 

Em Majors, os números da MIBR são ainda mais preocupantes. No Six Major de Paris, o time voltou pra casa sem nenhuma vitória, enquanto no Six Invitational 2019 o time ainda não se classificou para os playoffs apesar de ter conquistado uma vitória. O Six Major de Raleigh -- o primeiro do time com a camisa da MIBR -- foi especialmente ruim, considerando que a MIBR sofreu para vencer um elenco da NORA-Rengo que já estava em declínio e ainda estavam sem seu principal jogador e com um coach que nunca teve experiência competitiva jogando no lugar.

MIBR durante o OGA PIT Minor.

Mesmo assim, há um ânimo envolvendo a MIBR apesar das dificuldades passadas e isso não é sem fundamentos. Após uma Season 10 da Pro League terrível onde o time mal conseguiu escapar da relegation, o time cresceu muito nas qualificatórias LATAM do OGA PIT Minor terminando em primeiro lugar no torneio online. Então foram para Split, na Croácia, onde o time realmente engrenou pela primeira vez em sua história. Um bootcamp antes do evento fez maravilhas e ambas G2 Esports e Spacestation Gaming caíram diante deles -- no entanto a Team Liquid e um segundo jogo contra a Spacestation foram demais para eles.

Agora rumo à Montreal, a perspectiva é boa. Apesar do time estar apenas em quinto lugar na primeira metade da Season 11 da Pro League, a MIBR está apenas à 3 pontos dos líderes NiP e Team Liquid. Com outro bootcamp antea do Invitational, os fãs esperam uma boa performance e uma classificação para os playoffs.

Para saber mais sobre a preparação da MIBR, o SiegeGG falou com o caster que virou coach da MIBR, Guilherme “Guille” Scalfi:

Com dois dos três oponentes do seu grupo serem da LATAM, você acha que vocês têm alguma vantagem ou desvantagem em particular?

Eu acho que a única vantagem é o fato de nós sabermos do estilo de jogo da LATAM. Eles são times fortes.

Muito foi dito sobre o processo de seeding para os grupos. O seu time tem algum problema com isso? Deveria ter um limite de times da mesma região?

É triste que três times da LATAM estão no mesmo grupo, porque você acaba com as chances de termos mais times da LATAM nos playoffs. Seria muito bom ter apenas um time de cada região por grupo.

Você acha que os playoffs em eliminação-dupla vai mudar a dinâmica do evento, e qual é a sua opinião na vantagem de um mapa na grande final?

É um bom sistema. Nós jogamos nele durante o OGA PIT Minor e me parece mais competitivo e justo. Mas eu acho que a Ubisoft deveria tentar um torneio no Formato Suíço, porque foi legal assistir ao Allied Esports ano passado.

O seu time sofreu bastante depois da Season 8. Qual foi o problema e como o time fez para reverter isso?

O time estava em um bom lugar e quando nós tivemos nosso primeiro empate e a derrota (na primeira semana da Season 10), as coisas ficaram ruins… Nós focamos em uma solução e trabalhamos em equipe para sair da fase ruim. Apenas para citar, que o bootcamp na Croácia foi muito importante para reforçar nosso trabalho em equipe.

Apesar de terem surpreendido e vencido a G2 Esports e uma vitória contra a SSG, o seu time não está tendo facilidade na Pro League essa season. Qual é a diferença que causa isso?

Guille durante o OGA PIT Minor

A diferença é termos uma MD3 (no OGA PIT Minor). Em uma MD1(na Pro League), é mais punitivo e qualquer erro acaba com o seu resultado na partida.

Qual é o objetivo do seu time nesse evento?

Como todos os times, nós queremos o título. Mas, se chegarmos aos playoffs, já será uma grande conquista.

Você tem mais alguma coisa pra dizer para os seus fãs?

Eu só quero agradecer à vocês. Nós fomos apoiados nos nossos piores momentos e a torcida foi incrível. Até contra a G2, nós tivemos pessoas torcendo para nós!

---

A MIBR enfrenta a Giants Gaming no Grupo C primeiro, com partida contra a Team Liquid ou a Ninjas in Pyjamas marcadas para logo depois. Fique de olho aqui no SiegeGG para as previsões dos casters e preview amanhã e para a cobertura completa do evento enquanto ele rola.