Six Major Raleigh: Tudo sobre o Dia 1

Go back to News

Veja tudo o que aconteceu no primeiro dia da fase de grupos do Major de Raleigh Major com um resumo rápido.

This article is translated. You can find the original here: Six Major Raleigh Day 1 Roundup: G2 Esports Back on Form

Perdeu a ação no Dia Um do Six Major Raleigh? Não se preocupe, e leia um rápido resumo de tudo o que aconteceu no dia de abertura do quarto Major de Rainbow Six, que aconteceu no Centro de convenções de Raleigh.

---

Grupo A

Team Empire 2-1 Team SoloMid

Mapas: Kafe (5-7), Casa de campo (7-4), Fronteira(7-2)

Team Empire, os atuais campeões da Pro League, enfrentaram um verdadeiro desafio que foi a Team SoloMid que teve dificuldades na primeira metade da Pro League, estando empatados em último lugar na NA.

Nossa primeira partida do Grupo A viu os atuais campeões da Pro League, Team Empire, enfrentarem a Team SoloMid (TSM); um elenco recém formado usando o núcleo da ex-Excelerate Gaming. a Team Empire venceu a série, mas deve se notar que um elenco novo como a TSM foi capaz de vencer um mapa contra os atuais campeões da Pro League. Daniil  “JoyStiCK” Gabov da Team Empire terminou a série com 34 eliminações e 22 mortes, mostrando uma precisão letal com a Ash e Jager.

MIBR 2-1 NORA-Rengo

Maps: Banco (7-2), Consulado (5-7), Kafe (7-3)

Talvez o duelo mais divertido do dia foi entre a MiBR (antiga Immortals) e a NORA-Rengo (NR), com um em sétimo lugar na Pro League LATAM e o outro em segundo na APAC. Com uma série de eventos infelizes pouco antes da abertura do Six Major Raleigh da NORA-Rengo, eles foram abalados com a notícia de que um dos seus melhores jogadores, Tsukasa "Merieux" Asano, teve que ser hospitalizado.

Sem um substituto ou sexto jogador em Raleigh, o time foi forçado a puxar o coach e dono do time favorito de todos, o homem "super relaxado" Yasuhiro "kizoku" Nishi, que não tinha nenhuma experiência no competitivo de Rainbow Six. Por outro lado, um começo ruim à Season 10 deixa dúvidas às habilidades do elenco brasileiro, e então deixou as esperanças da NR vivas.

Pareceu que essas esperanças seriam rapidamente eliminadas, já que a MiBR pareceu passar por cima com facilidade do time Japonês no Banco já que eles estavam praticamente jogando um 4x5. No entando, a NORA-Rengo não abaixou a cabeça e manteve a moral alta buscando a vitória no segundo mapa e puxando o confronto para o terceiro mapa.

Após perderem o segundo mapa, a MiBR pareceu reviver as performances ruins da Season 10 da Pro League, mas conseguiram superar isso. Tomando o embalo de volta após um início ruim, a MiBR se uniu e mostraram para a audiência porque eles merecem estar em Raleigh ganhando por 7 a 3.

Grupo B

G2 Esports 2-0 Cyclops Athlete Gaming

Mapas: Mansão (7-1), Kafe (7-3), Litoral (Não jogado)

O time mais bem sucedido da história do Rainbow Six com três Majors vencidos e três títulos de Pro League, enfrentou a Cyclops Athlete Gaming (CAG), o melhor time do Japão com nenhuma experiência fora da APAC. A CAG são tão novos até no cenário APAC que esse jogo contra os campeões mundiais da G2 foi apenas seu quarto evento em LAN (incluindo os da APAC), e o seu primeiro evento internacional.

A G2, no entanto, não estava na melhor fase chegando no Six Major, tendo terminado a Season 9 em terceiro lugar -- estando bem longe do segundo -- e estando atualmente em quinto lugar, na metade da Season 10. No confronto contra a CAG, no entanto, a G2 mostrou porque eles são o time mais bem sucedido de novo com uma performance dominante para derrotar os oponentes japoneses com facilidade.

Team Secret 2-1 Rogue

Maps: Casa de Campo(7-4), Banco (6-8), Litoral (7-3)

Antes do jogo de ontem, a Rogue tinha encontrado a Team Secret duas vezes -- a primeira na Dreamhack Valencia 2018, onde a Secret (até então conhecidos como I Don't Know) conseguiu uma virada para vencer por 2 a 1 antes da Rogue se vingar e vencer a Secret por 2 a 0 na fase de grupos do Six Major Paris.

Dessa vez, a Team Secret queria revidar e começou no primeiro mapa. A primeira metade terminou empatada, mas quando os times trocaram de lado, a Team Secret conseguiu um sequência na defesa que os levou para a vitória por 7 a 4. A Team Secret novamente queria anular a Rogue no mapa dois, mas a Rogue conseguiu uma sequência própria e conseguiram reverter um placar de 6 a 3 para 8 a 6 e venceram o mapa.

Mas isso não durou muito, no entanto, com a mudança do mapa acabando com o embalo da Rogue e permitindo a Team Secret novamente começar com tudo, vencendo o mapa com um placar ainda mais decisivo de 7 a 3.

Grupp C

Evil Geniuses 2-0 Ninjas in Pyjamas

Maps: Mansão (8-7), Consulado (8-6), Litoral (Não jogado)

A Evil Geniuses (EG), os favoritos da América do Norte, conseguiram seu lugar em Raleigh por chegarem às finais da Season 9, onde eles conseguiram o segundo lugar. Apenas em terceiro na Season 10 da Pro League NA até então, a EG foi para a sua partida contra a Ninjas in Pyjamas (NiP) com o objetivo de repetir as suas performances brilhantes das LANs, e não do online.

Contra eles, a Ninjas in Pyjamas lutaram durante toda a qualificatória LATAM para esse torneio, e estão atualmente invictos na Season 10 da Pro League LATAM. Mesmo com uma partida excitante entre as duas equipes, o dom de jogar offline da Evil Geniuses brilhou e os Norte americanos venceram no Overtime em ambos os mapas para manter sua série invicta contra times da América Latina.

Spacestation Gaming 2-0 Vodafone Giants

Maps: Fronteira (7-4), Coastline (7-5), Casa de Campo(Não jogado)

Os Giants, atualmente em segundo lugar da Pro League EU atrás apenas dos gigantes da Team Empire, enfrentaram o único time sortudo o suficiente para receber o "Convite do País Anfitrião", dando acesso à fase de grupos do Major de Raleigh. Mesmo em apenas quinto lugar na Pro League NA, a Spacestation Gaming (SSG) chegou à final das Qualificatórias Abertas NA e tem habilidades offline brilhantes que foram decisivas hoje.

Apesar da sua performance online essa temporada, a Vodafone Giants foi incapaz de transformar isso em sucesso offline, e perdeu os dois mapas para a SSG por 7 a 4 e 7 a 5 respectivamente após duas grandes campanhas offline no Allied Esports Minor e na Dreamhack VAlencia 2019. Agora eles lutam para evitar a eliminação no segundo dia enquanto a SSG segue de vento em popa.

Grupo D

DarkZero Esports 2-0 Fnatic

Maps: Banco (7-2), Consulado (7-3), Casa de campo(Não jogado)

O melhor time da APAC, Fnatic terminou entre os quatro melhores do mundo nas últimas duas Seasons da Pro League e também entre os oito melhores nos últimos dois Six Invitational. Seus oponentes seriam os atuais líderes da América do Norte DarkZero que, apesar de fortes, ficaram longe de brilhar no offline. Com os mapas selecionados, os analistas podem ter achado que a Fnatic teria vantagem.

No entanto, poucos poderiam prever a ferocidade com que os Americanos viriam para enfrentar um time rotulado de "top 4" do mundo. A DarkZero mostrou confiança, coordenação e letalidade e venceu a Fnatic em todos os pontos, vencendo os dois mapas por 7 a 2 e  7 a 3 respectivamente contra os Australianos.

forZe 2-1 FaZe Clan

Maps: Casa de campo (7-1), Mansão (5-7), Consulado (8-6)

Quando a forZe, um time russo que se classificou para a Challenger League da Europa, enfrentou o atual segundo colocado da LATAM, FaZe Clan, poucos poderiam esperar que seria uma partida apertada. Menos ainda poderiam esperar uma vitória da forZe.

Mesmo não estando na Pro League, a forZe mostrou que eles tem habilidade de competir com os principais times da Europa, tendo derrotado os times medianos da Pro League, Team Vitality e Chaos Esports na Qualificatória EU. Seguindo os passos dos companheiros russos e campeões da Pro League da Team Empire, forZe é outro exemplo da maestria mecânica Russa.

A FaZe Clan levou o primeiro roundo do mapa um, mas apesar de serem conhecidos por serem agressivos, a forZe foi superior em todos os aspectos contra a FaZe e levou os próximos sete rounds e vencendo o primeiro mapa. No segundo mapa, a FaZe achouo caminho e sua agressão os trouxe de volta de um placar desfavorável de 5 a 2 e venceram o mapa por 7 a 5. O terceiro mapa foi muito disputado, com sequências feitas e quebradas. a FaZe conseguiu levar o mapa para Overtime após estarem perdendo por 6 a 4, mas a forZe venceu ambos os rounds no overtime com tiros precisos e movimentos bem coordenados vencendo um terceiro time de Pro League em sua busca à Grande Final do Major de Raleigh.


---

Os horários de hoje no horário europeu

Veja toda a ação do segundo dia do Six Major Raleigh nos canais da twitch Rainbow6 e Rainbow6Bravo das 11am horário de Brasília em diante, com mais partidas emocionantes com times lutando pela sobrevivência, com a  APAC sendo a região com mais riscos.