Skip navigation (Press enter)

Astro: Times brasileiros não levam scrims a sério

All news

Na nossa série em preparação para Raleigh, nós entrevistamos jogadores de cada time que irão participar do Six Major em Raleigh este mês para descobrir mais sobre como eles estão se preparando. Dessa vez, nós temos Leonardo “Astro” Luis da FaZe Clan.

This article is translated. You can find the original here: Astro: "Brazilian teams do not take scrims seriously"

A FaZe Clan sempre foi um dos principais times da região LATAM desde quando eles representaram a região no primeiro Six Invitational onde eles quase derrotaram os que se tornaram campeões da Continuum (atual Evil Geniuses) mas com uma diferença drástica nas lines. Desde então, eles participaram de todas as Pro Leagues e Majors dos últimos dois anos e meio, com exceção da Season 4, eles ficaram entre os dois melhores times da região nesse período.

Pouco antes do Six Invitational de 2018, o sucesso do elenco chamou a atenção da gigante organização FaZe Clan que veio a contratar o time. No entanto, apesar de eles estarem constantemente entre os melhores times do Brasil, a boa performance não se repetiu nos eventos seguintes caindo nas quartas-de-final em ambos, no Invitational para a Evil Geniuses e para a Millenium nas finais da Season 7 da Pro League.

Após isso, eles foram eliminados na fase de grupos do Six Major de Paris em 2018, causando uma mudança no elenco que estava junto por 15 meses, com a saída de Guilherme "gohaN" Alf e a entrada de João "yoona" Gabriel. O que levou a uma série de 18 jogos de invencibilidade contra outros times de Pro League que acabou apenas na derrota para a G2 na final da Season 8 da Pro League jogando em frente à sua torcida no Rio de Janeiro -- a primeira vez que eles chegaram tão longe em um evento internacional.

Essa performance os tornou um dos favoritos para vencer o Six Invitational 2019, no entanto, após as derrotas para a Fnatic e para a Team Reciprocity, o time optou por fazer outra troca no elenco, substituindo João "muringa" Deam por Ronaldo "ion" Osawa, criando assim a lineup atual.

FaZe Clan nas finais da Season 9 em Milão. Da esquerda: camerm4n, mav, ion, yoona, Astro.

Desde quando esse elenco está fechado, a FaZe Clan têm visto uma série de resultados promissores. Primeiro, eles terminaram a Season 9 como o melhor time da região LATAM, antes de terminar em terceiro colocado geral nas finais antes de eles terminarem novamente em terceiro na Dreamhack Valencia 2019 mês passado. Mais excepcional , no entanto, foi a sua performance no Brasileirão 2019 onde a FaZe participou de uma das melhores partidas da história dos torneios de Rainbow Six (apesar de não terem conseguido se consagrar campeões brasileiros pela terceira vez consecutiva) antes de perderem para a Team Liquid no Overtime do quinto mapa na Grande Final.

E então, com o seu décimo grande torneio internacional chegando, nós falamos com o membro mais antigo do elenco e seu maior fragger, Leonardo “Astro” Luis para ver como eles estão se preparando para o evento:

No Six Invitational, a FaZe não conseguiu passar da fase de grupos, perdendo para a Fnatic e para a Reciprocity - como a FaZe melhorou desde então?

Nós melhoramos muito como time e esperamos ter uma performance muito melhor que nos últimos campeonatos.

O elenco da FaZe participou recentemente da Dreamhack em preparação contra opponentes internacionais, você acha que isso ajudou?

Isso ajudou muito com a nossa preparação, jogar contra times da Europa é sempre bom.

Como você está se preparando para esse Major especificamente?

Eu mudei algumas coisas no meu raciocínio e maplay durante os rounds.

Algum time que você gostaria de enfrentar durante o torneio?

Empire, G2 e EG.

Vocês recentemente perderam para a Liquid nas Finais do BR6, o que vocês fizeram para conquistar a vitória aqui?

Nós aumentamos o número de mapas [na nossa rotação] para o Major, que é o mais importante. Agora nós temos que arrumar os detalhes finais já que perdemos várias situações de clutch que nos custou a vitória.

Que time você acha que pode ser a maior surpresa do torneio?

Cyclops Athlete Gaming.

Como você normalmente se aquece antes de uma partida importante?

Eu gosto de jogar várias partidas rankeadas e Caça terroristas.

A região LATAM tem, em geral, ficado para trás das regiões EU e NA. O que você acha que causa essa diferença?

Times brasileiros não levam scrims a sério --  eles jogam para ganhar e não para testar táticas. Times da EU e da NA são 150% melhores em treinar suas táticas.

Alguma coisa a dizer para os seus fãs?

Eu amo vocês, obrigado por sempre torcer por nós!

FaZe Clan nas Finais do BR6 via @Rainbow6br’s flickr.
Da esquerda para a direita: cameram4n, ion, mav, yoona, Astro and Twister (coach)

 

---

O Six Major de Raleigh 2019 acontece a partir do dia 12 de Agosto até o dia 18, onde a FaZe Clan será colocada contra os melhores times do planeta, começando contra a Fnatic, DarkZero e forZe no Grupo D, e tenta sair da fase de grupos de um Major desde a primeira vez no Six Invitational de 2018. Para mais conteúdo sobre o Major, veja as outras entrevistas aqui e assista a nossa entrevista ao das Finais da Season 8 com cameram4n abaixo: